Implante Dental

  O implante dentário é indicado em casos em que o paciente já perdeu um ou mais dentes ou esse dente não apresenta condições de ser recuperado e precisa ser extraído. É muito comum os pacientes irem ao consultório com dentes estragados querendo extrai-los para fazer implante dentário. 

  O Enxerto ósseo é necessário quando houve um ou mais dentes e consequentemente acabam perdendo também estrutura óssea, é comum que as pessoas percam também os ossos alveolares, que sustentavam o dente perdido. Em conseqüência disso, a gengiva também diminui. Para sanar esse problema, o dentista pode recorrer a enxertos ósseos.

  Implante com carga imediata é a técnica pela qual se colocam próteses imediatamente após a cirurgia ou poucos dias depois da instalação do implante. As próteses utilizadas na carga imediata são temporárias e devem ser substituídas após algum tempo. Só é possível planejar a carga imediata quando o diagnóstico do dentista aponta uma excelente estabilidade inicial na fixação do implante de titânio ao osso. Este diagnóstico é feito após uma rigorosa avaliação e estudo do caso clínico.

  Implante tipo Overdenture é uma prótese simples, colocada sobre dois ou quatro pinos de titânio, dando retenção e segurança na fixação. É uma prótese removível, de todos os dentes, que tem uma segurança maior de fixação do que a de uma prótese convencional (dentadura), pois é fixada sobre os pinos de implantes dando maior segurança ao paciente.

  Implante de Protocolo Fixo é uma prótese fixa instalada sobre pinos de implantes de todos os dentes. A principal vantagem é a de devolver a função mastigatória ao paciente. Com o sistema comum de dentadura, o paciente tem em média 20% do poder de mastigação original, já com o protocolo fixo sobre implantes, esse percentual de poder de mastigação sobe para 85%.

  Implante Parcial Fixo é uma prótese fixa instalada sobre pinos de titânio para substituir um número de dentes pequenos, podendo ser até de um único dente.